Universo Cultural

Filmes, livros, produções e eventos: divulgando e comentando cultura!!

Livro de Saramago não deveria ter sido adaptado, diz “Variety”

O longa-metragem “Ensaio sobre a Cegueira”, adaptado para o cinema pelo diretor brasileiro Fernando Meirelles, não deveria ter recebido uma versão cinematográfica, segundo crítica da revista americana especializada em entretenimento “Variety”.

A publicação americana foi a mesma que criticou duramente o filme “Tropa de Elite”, do brasileiro José Padilha. A crítica, assinada por Jay Weissberg, chegou a dizer que o filme tinha um estilo “Rambo” e comparou o Bope à SS, uma divisão repressiva do regime nazista.

Divulgação

Em seguida, a produção ganhou o Urso de Ouro em Berlim e Padilha se defendeu, disse que foi mal interpretado por críticos, rebateu especificamente as críticas da “Variety” e afirmou que o texto da revista americana foi “estúpido”.

O texto sobre “Ensaio sobre a Cegueira”, assinado por Justin Chang, começa com a história de que José Saramago, prêmio Nobel de Literatura, relutou em permitir que sua obra fosse adaptada para o cinema. “Meirelles provou que os instintos do escritor português estavam tristemente corretos”, emenda em seguida o autor da crítica após a explicação.

Chang também escreve que o filme diminuiu o impacto da trama de Saramago e que possui um excesso de tiques estilísticos.

O autor, um tanto repetitivo ao dizer que o longa-metragem enfraquece a história, destaca a atuação de Julianne Moore e alguns pontos do filme, como uma cena de violência sexual e a fotografia.

(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u401932.shtml)

maio 26, 2008 Posted by | cinema | , | Deixe um comentário

Prêmio Escriba – Poesia, divulga regulamento

Continuam abertas as inscrições para o X Prêmio Escriba de Poesia. A Assessoria de Imprensa da Biblioteca Municipal de Piracicaba, divulgou o regulamento que segue a baixo. Contato pelo email bibliotecadepiracicaba@hotmail.com ou pelo fone (19) 3433-3674.

REGULAMENTO DO X PRÊMIO ESCRIBA DE POESIA – 2008

01 – O X PRÊMIO ESCRIBA DE POESIA (Lei nº 4375, de 18 de dezembro de 1997) é promovido pela Prefeitura do Município de Piracicaba, através da Secretaria Municipal da Ação Cultural, com objetivo de dar oportunidade de expressão e manifestação a todo segmento de público.

02 – As poesias serão inscritas mediante o cumprimento das seguintes exigências:

  1. Os concorrentes deverão ter idade mínima de 15 (quinze) anos;
  2. Os participantes deverão apresentar 03 (três) trabalhos originais, (não há necessidade de ineditismo) em português, de autoria própria, versando sobre temas gerais, digitados em papel A4 (sulfite), de um lado só, com fonte legível, 05 (cinco) vias, sem limites de páginas, versos ou estrofes;
  3. Cada poesia deve ter somente o título e o pseudônimo do autor;
  4. Em envelope anexo, lacrado, deverão vir os dados do autor: Nome completo, pseudônimo, idade, endereço completo, inclusive CEP, DDD, telefone, RG, CPF, profissão, grau de escolaridade, se caso possuir, um pequeno currículum literário, o título dos trabalhos inscritos. E um disquete com os trabalhos. Por fora apenas o pseudônimo usado e o título dos trabalhos inscritos; bem como tomou conhecimento do PRÊMIO ESCRIBA DE POESIA;
  5. Os trabalhos pornográficos e eróticos serão sumariamente excluídos;
  6. As inscrições estarão abertas a partir de 22 de abril de 2008 até 20 de junho de 2008, na BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL DE PIRACICABA, RUA DO ROSÁRIO, 833, CEP 13400-183, CENTRO – PIRACICABA, SP, TEL e FAX. 0xx19 3433 3674, 3434 9032 e 3432 9099;

03 – Os concorrentes de outras localidades poderão fazer a inscrição pelo correio, valendo a data do carimbo postal como prazo final de inscrição;

04 – A Secretaria Municipal da Ação Cultural, indicará um júri constituído de 05 (cinco) elementos de reconhecida capacidade intelectual, atuante no ramo, que procederá a seleção dos trabalhos inscritos, classificando as 30 (trinta) melhores poesias. Os trabalhos não classificados serão incinerados após a seleção e premiação;

05 – As 30 (trinta) poesias selecionadas serão reunidas em Antologia, que será editada pela Secretaria Municipal da Ação Cultural e oferecida aos participantes e entidades culturais sem custos adicionais;

06 – Aos classificados não será paga nenhuma taxa monetária a título de direitos autorais;

07 – A Secretaria Municipal da Ação Cultural se reserva o direito de veicular a Antologia da maneira que melhor lhe aprouver, sem fins lucrativos;

08 – Em cerimônia previamente marcada serão conferidos: Troféu Escriba (escultura em bronze de Arayr Ferrari), para os 03 (três) primeiros classificados e prêmios em dinheiro no valor de: 1º Classificado: R$ 1.033,04; 2º Classificado: R$ 839,35; 3º Classificado: R$645,65; 4º ao 10º Classificados: Menção Honrosa; e mais 20 Selecionados que farão parte da Antologia. Todos os classificados receberão Diplomas e 10 exemplares da antologia;

09 – O julgamento será realizado até o mês de setembro de 2008;

10 – Os concorrentes serão notificados do resultado pelo correio ou por e-mail, e por divulgação na Imprensa a partir da segunda quinzena de outubro;

11 – O simples envio das poesias implica na aceitação direta deste regulamento;

12 – Os trabalhos remetidos em desacordo com este Regulamento (falta de dados precisos, ou de difícil identificação, menor número de cópias, falta do disquete, etc) serão automaticamente desclassificados;

13 – A decisão do júri é irrecorrível e não caberão recursos;

14 – Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela Comissão Julgadora e pela Coordenadoria Geral do X Prêmio Escriba de Poesia.

maio 26, 2008 Posted by | Literatura | , , | Deixe um comentário

Velhas Guardas – Os Encontros


O documentário Velhas Guardas – Os Encontros, de Joatan Vilela Berbel aporta este mês na cidade luz para participar da 10ª edição do Festival de Cinema de Paris. Na trilha do filme O mistério do samba, dirigido por Carolina Jabor e Lula Buarque de Hollanda, exibido em Cannes, o documentário de Joatan levará para Paris momentos únicos de quem faz com paixão e fé o famoso carnaval do mundo.
De uma forma jamais mostrada, o documentário leva com delicadeza ao grande público os encontros, as confraternizações, a religiosidade e um emocionante show que reúne no mesmo local bambas do samba de tradiocionais escolas de samba do Rio como Mangueira, Salgueiro, Portela, Império Serrano e Vila Isabel.
Velhas Guardas – Os Encontros é um filme gravado em video digital, editado em hd digital com som mixado em dolby stereo 5.1 conta com as participações de ícones do samba carioca como Dona Ivone Lara, Nelson Sargento, Monarco, Baianinho, Zuzuca e Alvinho da Mangueira, este último narrador do documentário aprovado pela turma do samba como, por exemplo, o jornalista Ricardo Cravo Albin.

O diretor

Joatan Vilela Berbel foi Presidente da Associação Brasileira de Documentaristas nos anos 80, realizou diversos documentários tendo como destaque o curta Eunice, Clarice, Tereza sobre as três viúvas de presos políticos assassinados nos porões da ditadura militar – Rubem Paiva, Vladimir Herzog e Manuel Fiel Filho. Realizou documentários sobre a questão agrária no Brasil com a participação de Antonio Calado e um curta metragem sobre o caricaturista Chico Caruso, em 1984

(Juliana Aquino)

Uma pequena mostra do documentário pode ser encontrada no You Tube, nesse link:
http://www.youtube.com/watch?v=KXMKQQQa_m0

maio 26, 2008 Posted by | cinema | , | 1 Comentário